Assine já

CEI para investigar golpe ainda pode ser criada

Durante a reunião com a secretária de Finanças, realizada na última semana, na Câmara Municipal, o vereador Antonio Cordeiro falou sobre a necessidade de o Legislativo criar uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para investigar o golpe sofrido pela Prefeitura de Salto, que teria pago R$ 875 mil para estelionatários como se fossem representantes da empresa responsável pelo fornecimento de alimentação escolar. Segundo Cordeiro, “é preciso continuar a investigação para saber se a prefeitura não fará um novo pagamento, o que causaria prejuízos aos cofres públicos. Até o momento as solicitações feitas pelos vereadores do boletim de ocorrência e demais documentos não foram atendidas”.

A reportagem do jornal PRIMEIRAFEIRA também questionou a prefeitura sobre o ocorrido, que informou através de nota que “o caso segue sendo investigado e novas informações só serão fornecidas após a conclusão do trabalho das autoridades policiais”.

 

O golpe

A Prefeitura de Salto teria feito seis pagamentos, em 9 e 20 de dezembro, que totalizavam aproximadamente R$ 875 mil, em uma conta bancária fornecida por meio de um contato por e-mail e que pertenceria à empresa Soluções Serviços Terceirizados, responsável pelo fornecimento da alimentação escolar. A solicitação da troca de conta para pagamento ocorreu no dia 5 de dezembro.

Porém, por meio de um ofício, no dia 26 de dezembro, a empresa informou sobre possíveis golpes aplicados em seu nome. As Prefeituras de Itatiba e Socorro, ambas no Estado, também teriam sido vítimas do golpe. No caso de Itatiba, a Polícia Civil, solicitou no dia 23 de dezembro, o pedido de quebra de sigilo de dados e/ou telefônico da empresa. A justiça, até o momento, não decidiu sobre a solicitação. Tentamos contato por e-mail com a Soluções, mas até a publicação desse material não obtivemos resposta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste também