Assine já

Idosos caem em golpes e tem prejuízo que ultrapassa os R$ 50 mil

Três idosos foram vítimas de golpes, segundo os boletins de ocorrência registrados na Delegacia de Polícia de Salto nos últimos dias. Um casal teve um prejuízo de quase R$ 50 mil após ter quatro cartões bancários e dois aparelhos celulares levados pelos golpistas que alegavam que os cartões haviam sido clonados. Já uma aposentada de 73 anos, caiu no golpe do falso empréstimo e registrou um prejuízo de mais de R$ 8 mil.

Numa das situações, o casal, sendo a mulher de 71 anos e o homem de 70, foram enganados mesmo após terem contatado com o número informado no verso do cartão. As vítimas relataram que receberam uma ligação de uma pessoa pedindo a confirmação de uma compra em uma loja de comércio varejista. Diante da negativa, a idosa ligou no número informado no verso do cartão, tendo sido atendida por uma mulher identificada como gerente da instituição.

A informação recebida pela idosa era de que o cartão havia sido clonado e que um policial iria até a residência retirar os cartões da vítima, juntamente com seus aparelhos celulares que seriam periciados. O criminoso se identificou mediante uma ‘senha’ solicitada pela atendente. O casal então entregou os cartões e os aparelhos, além de ter informado as senhas bancárias.

Após o ocorrido a vítima procurou o banco e constatou ter caído no golpe e confirmado diversas movimentações em suas contas que totalizaram pouco mais de R$ 49 mil. Um dos aparelhos celulares foi rastreado em um endereço na cidade de São Paulo.

 

Falso empréstimo

A aposentada registrou a ocorrência na segunda-feira (23), após constatar dois empréstimos e duas transferências em sua conta. Ela informou que no dia 19 de janeiro recebeu uma ligação de um número informando ser um representante bancário perguntando sobre um empréstimo. A vítima informou que não tinha solicitado e foi transferida para uma outra pessoa que pediu informações sobre dados pessoais e a senha bancária, além de realizar alguns procedimentos no aplicativo.

A vítima acreditou ter cancelado o empréstimo, porém, dias depois recebeu a ligação do gerente de sua conta perguntando sobre os empréstimos e, diante da negativa, compareceu à agência onde constatou a fraude em sua conta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste também