Assine já

Moradores do Buru enfrentam problemas desde o final do ano passado

Desde meados de dezembro, três contêineres de lixo que fica ao lado da capela de Nossa Senhora das Neves, no Buru, estão destruídos e parte do lixo jogado pelos moradores acaba caindo na estrada. “É muito difícil que isso tenha sido causado por alguns dos moradores, já que a maioria são idosos”, comentou um munícipe que passava pelo local. Procurada, a CSO Ambiental não informou, até a publicação desse material, quando será feita a troca dos equipamentos nem o motivo de ainda não ter sido feita a substituição.

Enquanto nossa reportagem estava no local, os moradores aproveitaram a oportunidade para expor outros problemas que surgiram recentemente. O primeiro deles está logo após a ponte de acesso ao bairro, na Estrada Municipal Slt-161, cujo barranco acabou cedendo há pouco mais de uma semana. É possível ver até mesmo um trecho do asfalto sem qualquer sustentação. No local existem alguns cavaletes indicando atenção aos motoristas e também evitando que veículos passem próximo ao trecho.

Procurada, a Prefeitura de Salto não respondeu aos questionamentos feitos pela reportagem do jornal PRIMEIRAFEIRA tanto em relação aos contêineres de lixo quanto em relação ao trecho do asfalto que está cedendo, alegando que o ‘assunto requer uma averiguação’.
Enquanto isso, os problemas seguem incomodando quem mora na região. “Salto tem uma prefeitura que só está preocupada em cobrar impostos. Não fazem nada por nós”, disse um comerciante que preferiu não se identificar, com medo de represálias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste também