Assine já

Aulas retornam nos Cemus ainda sem câmeras de segurança

O ano letivo começa na segunda-feira (30) e as unidades dos Cemus seguem sem câmeras de monitoramento. Desde dezembro de 2022 vereadores cobram o poder executivo sobre a contratação de uma empresa para reinstalar câmeras de monitoramento nos Cemus. Entretanto, em resposta a questionamentos do jornal PRIMEIRAFEIRA, a prefeitura informou em nota que o processo ainda está em fase de licitação e que todos os Cemus serão contemplados. O vereador Vinicius Saudino explicou à reportagem do jornal PRIMEIRAFEIRA que enviou um ofício à prefeitura, mas que ainda aguarda as respostas.

 

Cobrança dos vereadores

No fim do ano passado, alguns vereadores utilizaram a tribuna, no Tema Livre, para cobrar que a prefeitura contratasse uma nova empresa para realizar o monitoramentos dos Cemus através de câmeras de segurança. Em uma sessão extraordinária, realizada em 7 de dezembro o vereador José Benedito de Carvalho ‘Macaia’ cobrou a prefeitura informando que o contrato da empresa que realizava o monitoramento através das câmeras de segurança havia vencido e a prefeitura não havia renovado o contrato.

Na época, o assunto se tornou forte na Câmara dos Vereadores após invasões e furtos acontecerem em unidades do Cemus da cidade. O Cemus IX, no Santa Cruz, chegou a ser invadido duas vezes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste também