Assine já

Ciclovia que liga Salto a Itu receberá nome de Chiara Lubich, fundadora do Movimento dos Focalari

Cerimônia de oficialização será realizada nesse sábado, às 9h, na Praça Gaspar Ricardo, próxima à Estação do Trem Republicano, em Itu

 

Em homenagem à fundadora do Movimento dos Focolari, a ciclovia que liga as cidades de Salto a Itu receberá o nome de Chiara Lubich. A cerimônia de oficialização será realizada no sábado (11), às 9h, na Praça Gaspar Ricardo (próxima à Estação do Trem Republicano). Após a cerimônia, haverá um plantio de mudas de ipês no trecho entre as duas cidades.

A homenagem foi solicitada para os órgãos municipais das duas cidades pela comunidade regional dos Focolari, de acordo com o diretor executivo da Sociedade Movimento dos Focolari, Sérgio Previdi. “A nossa comunidade levou o pedido aos dois municípios, como forma de homenagear a nossa fundadora. Por meio das respectivas Câmaras de Vereadores, a ideia se tornou projetos de lei, já devidamente aprovados”, comentou Previdi.

Nascida em 22 de janeiro de 1920, na cidade de Trento, Itália, com o nome de batismo Silvia Lubich, a homenageada teve uma vida de devoção à igreja, consagrada na Terceira Ordem Franciscana. Em meio à Segunda Guerra Mundial, ela permaneceu na Itália e, junto de quatro outras jovens, formou o primeiro ‘focolare’, projeto em que partilhava com os pobres tudo o que recebia.

Chiara Lubich faleceu em 14 de março de 2008, aos 88 anos, em Roma, cercada por sua família espiritual. Seu velório foi marcado pela presença de milhares de pessoas, entre elas personalidades políticas e religiosas.

Hoje, a Sociedade Movimento dos Focolari é uma entidade sem fins lucrativos, cujo principal objetivo é o de reduzir as desigualdades sociais para uma sociedade mais unida, justa e fraterna. A sociedade apoia projetos e pessoas por meio do desenvolvimento de ações práticas para a transformação da realidade de comunidades em situação de vulnerabilidade social, com estratégias para o fortalecimento de vínculos sociais, desenvolvimento comunitário e difusão de uma cultura da fraternidade universal e da ética do cuidado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste também