Assine já

Tribunal multa ex-prefeito em R$ 5,4 mil por contrato com posto de combustível

O ex-prefeito Geraldo Garcia (PP) foi multado pelo Tribunal de Contas do Estado em R$ 5.480 (equivalente a 160 Ufesps). O órgão julgou irregular um contrato firmado pela Prefeitura de Salto e a empresa Auto Posto 9 de Julho Salto Ltda., que objetivava o fornecimento de combustíveis para abastecer os veículos utilizados pela administração municipal. O contrato foi assinado na gestão de Geraldo no ano de 2018.

Dentre os apontamentos do relatório do Tribunal, estão irregularidades em relação ao critério de julgamento; à limitação de postos no certame; e à falta de autenticação da documentação no procedimento. Além disso, o TCE encontrou irregularidades no valor da contratação equivalente a quase R$ 100 mil a mais do que o estimado.

Procurado pela reportagem do jornal PRIMEIRAFEIRA, o ex-prefeito Geraldo Garcia disse que tomou conhecimento da notificação e irá recorrer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste também