Assine já

Governo do Estado aprova área oferecida pela Prefeitura para construção de casas populares

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação do Estado de São Paulo aprovou uma das três áreas oferecidas pelo prefeito de Salto, Laerte Sonsin Jr (PL), para a construção de 100 moradias populares na cidade. A Prefeitura recebeu um comunicado na terça-feira (14) da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU). Entretanto, segundo a Prefeitura, ainda não há previsão exata da data de entrega dessas moradias.

Respondendo a questionamentos do jornal PRIMEIRAFEIRA, a Prefeitura de Salto informou que o modelo de construção será casa e que não haverá custos para o município e que as contrapartidas serão apenas quanto à estrutura, como rede de água e esgoto, já existente no local. Em relação a qual local essas moradias serão construídas, a Prefeitura não informou.

Em resposta ao jornal PRIMEIRAFEIRA, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação do Estado de São Paulo informou que, para esse empreendimento das 100 moradias, a Prefeitura indicou um local que passa por avaliação de viabilidade. Entretanto, também não foi informado quais seriam esses locais.

A pasta estadual também destacou que existem dois projetos previstos para a cidade de Salto totalizando 124 unidades habitacionais. Além desse já citado, o outro projeto deve beneficiar pessoas idosas em situação de vulnerabilidade, pois se trata de um condomínio do Programa Vida Longa. Segundo informações da secretaria, para esse projeto está previsto um investimento de R$ 5,4 milhões do governo do Estado e a Prefeitura também indicou uma área.

“O projeto está em fase de análise de viabilidade do novo terreno oferecido pela Prefeitura como contrapartida e local da obra. A obra seria no Jardim Nair Maria, mas o local foi alterado a pedido da Prefeitura no dia 13 de fevereiro”, finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste também