Assine já

Usuário de drogas é executado com nove tiros no Jardim Marília II

Um homem de 51 anos foi morto a tiros, na noite de terça-feira (14), no Jardim Marília II. O caso foi atendido por guardas civis municipais após chamado de uma moradora que havia escutado disparos de arma de fogo. Segundo o boletim de ocorrência, a moradora, uma jovem de 21 anos, saiu à rua em que mora após ouvir os disparos e encontrou a vítima no chão, já sem vida.

Ainda segundo os registros policiais, a vítima possuía nove perfurações por arma de fogo e era usuária de drogas. Além disso, o homem estaria envolvido em um “rolo de carros”. Próximo ao corpo foram encontrados e recolhidos dois estojos de calibre 380 e dois de 9 mm, além de dois celulares. A polícia técnico-científica foi solicitada e compareceu ao local.

No dia 7 de fevereiro, a vítima desse homicídio já havia sido acusada de desferir um golpe de faca nas costas de um homem de 41 anos com quem se desentendeu e que era seu inquilino. A discussão teria começado após a vítima solicitar o pagamento de R$ 200, alegando que o inquilino estaria devendo esse valor.

O inquilino negou essa dívida e ainda disse que o homem havia lhe desferido um golpe de faca. A vítima negou a versão e disse que o inquilino o havia ameaçado com uma foice e que, possivelmente, teria se machucado sozinho com a ferramenta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste também