Assine já

Guarda Civil Municipal prende em flagrante acusado de injúria racial contra comerciante negra em loja do Centro

Guardas civis municipais prenderam em flagrante, na manhã de sábado (18), um homem de 47 anos por injúria racial. De acordo com o boletim de ocorrência, ele disse ofensas contra uma comerciante negra por causa da demora dela no seu atendimento.

A comerciante registrou a queixa. Ela disse que o homem já a ofendeu antes de entrar no estabelecimento, que fica no Centro. Depois voltou a dizer as mesmas palavras no interior da loja. Tudo foi testemunhado por uma colega de trabalho da comerciante.

Inconformadas com a agressão, as outras funcionárias da loja colocaram o homem para fora e chamaram a Guarda Civil Municipal.  Ao ser localizado pelos guardas, o homem apresentou estado alterado, cujas causas não foram esclarecidas.

Ele recebeu voz de prisão e foi conduzido à Delegacia de Itu, onde prestou depoimento e ficou detido. Mesmo na presença dos guardas, ao ser conduzido para a viatura, o homem continuou as ofensas à comerciante. Se for condenado, pode pegar cinco anos prisão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste também