Assine já

Número de imóveis registrados em Salto cresce 2,16%

O número de imóveis cadastrados pela Prefeitura como legalizados cresceu 2,16%, segundo balanço divulgado pela Secretaria de Finanças da Prefeitura durante audiência pública na Câmara de Vereadores, realizada na segunda-feira (27).

A cidade teve mais 1.400 imóveis lançados neste ano para o recebimento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Atualmente são 64.713 imóveis cadastrados. O balanço considera números até o dia 23 de fevereiro deste ano.

A expectativa de arrecadação com o IPTU em 2023 é de R$ 84.926.000,00, valor 23% maior que o orçado para o ano anterior.

De acordo com o balancete de receitas orçamentárias, divulgado no Diário Oficial do Município, no dia 23 de fevereiro, a arrecadação com o imposto no primeiro mês do ano foi de 10% do orçado para todo o ano.

Considerando os dados divulgados até o dia 23 de fevereiro, a Prefeitura havia arrecadado R$ 31 milhões referente ao imposto. Desse valor, R$ 30.780.065,23 foram de pagamentos da cota única.

Chamou atenção que o número de contribuintes que fizeram o pagamento da cota única caiu em relação a 2022. No ano passado, 26.509 contribuintes fizeram o pagamento à vista, enquanto em 2023 esse número foi de 24.059.

Segundo a Prefeitura, a dívida ativa referente ao IPTU é de quase R$ 13 milhões, além de outros R$ 3,4 milhões referentes a multas e a juros. Desse valor, cerca de R$ 700 mil foram pagos pelos contribuintes em atraso no mês de janeiro de 2023.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste também