Assine já

Itu irá investir R$ 85 milhões na construção de um centro de tratamento de resíduos

Com o objetivo de reduzir a necessidade de aterros, gerar economia ao município e melhorar a qualidade do meio ambiente, a Prefeitura de Itu anunciou o investimento de R$ 85 milhões em um complexo industrial que fará o tratamento e disposição final dos resíduos urbanos gerados no munícipio. A Central de Tratamento de Resíduos, como foi denominada, deverá encerrar a utilização de dois dos três aterros (um sanitário e outro inerte) ativos.

As obras devem iniciar ainda em 2023 e a previsão de conclusão é para 2026. A implantação será feita em três fases, trazendo gradualmente tecnologias que contribuem para a redução da quantidade de resíduos dispostos em aterros. Quando houver o funcionamento efetivo dessas etapas, estima-se que menos de um terço dos resíduos sólidos domiciliares gerados em Itu necessitarão de aterro.

O reaproveitamento dos resíduos, num primeiro momento, possibilitará a produção de Combustível Derivado de Resíduo, com potencial uso por empresas produtoras de cimento em seus fornos. Nas etapas seguintes, a intenção é gerar o biogás purificado, transformando-o em biometano, podendo ser utilizado da mesma forma que o gás natural. Também por meio dos biogestores, será viável a produção de energia elétrica. Há ainda a opção da conversão dos resíduos do tratamento em produtos, como, por exemplo, fertilizantes e blocos de pavimentação.

O complexo ainda terá o chamado cinturão verde, barreira formada com mudas de reflorestamento, para minimizar possíveis odores causados pelo tratamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste também