Assine já

Tribunal de Contas aponta falta de pessoal em blitz na Clínica de Saúde do Jd. das Nações

Fiscais do Tribunal de Contas do Estado apontaram a falta de pessoal técnico na estratégia Saúde da Família na Clínica de Saúde do Jardim das Nações, em Salto, especialmente em relação aos agentes comunitários.

De acordo com o TCE, foi detectado ainda que a unidade não possui o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros e nem certificado de calibração vigente do desfibrilador.

A Clínica de Saúde do Jardim das Nações foi uma das mais de 450 unidades de saúde de 238 municípios de São Paulo que receberam, no dia 30 de março, uma fiscalização surpresa de integrantes do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.

Procurada pela reportagem do PRIMEIRAFEIRA, a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Salto informou ter sido notificada apenas na quarta-feira (5) e que apresentará as devidas informações ao TCE. Além disso, complementou que na segunda-feira (10) será realizada reunião na secretaria para tratar do assunto.

Se há problemas como os apontados, a Secretaria de Saúde não foi notificada por falta de vacinas e nem que a unidade enfrente dificuldades para agendamento ou encaminhamento de pacientes.

Salto também não apresentou os problemas que quase a metade dos municípios fiscalizados registraram.

Os problemas mais comuns estão nos estoques de antibióticos; remédios para hipertensão arterial e para o tratamento de doenças mentais e diabetes. Em algumas unidades de saúde, também foram encontrados produtos vencidos.

Dentre as cidades da região, foram fiscalizadas além de Salto, Indaiatuba, Porto Feliz e Cabreúva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste também