Assine já

Aposentada acusa médico de hospital particular de agressão

Uma aposentada de 59 anos procurou a Delegacia de Polícia de Salto alegando ter sido agredida por um médico plantonista de um hospital particular em Salto. O caso ocorreu na tarde de terça-feira (27).
A vítima disse que estava, junto de seu irmão, acompanhando a mãe de 88 anos, que não estaria se sentindo bem. Durante a consulta, a vítima questionou o médico se a mãe não estaria com dengue, visto o histórico recente de casos na cidade. O médico, porém, teria ignorado os questionamentos e prescreveu uma medicação a ser aplicada na parte interna do hospital.
Enquanto o irmão da vítima acompanhava a mãe na medicação, a aposentada ficou no consultório, quando, após uma pequena discussão com o médico, acabou sendo agredida com um soco na boca e um tapa no rosto. As agressões não causaram lesões, mas ela deixou o local e registrou o fato à autoridade policial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste também