Assine já

Documentário produzido em Itu explora as religiões africanas no interior

A Associação Amigos da Diversidade está produzindo em Itu o documentário “Laroyê Esù – A Resistência do Culto aos Orixás na Roma Brasileira” como forma de explorar a história e a resistência das religiões de matrizes africanas no interior paulista.
O documentário se baseia em entrevistas e narrativas e conta com importantes figuras, entre ativistas e personalidades religiosas, dando voz para aqueles que, durante muito tempo, foram marginalizados e invisibilizados.
Segundo Felipe Cavalheiro, presidente da Associação Amigos da Diversidade, a escolha de Itu como palco das gravações se deve não só a uma predominação católica na cidade, mas porque o interior foi construído pelas mãos dos escravizados que tiveram que esconder sua fé sob a égide da religião cristã. Enquanto a capital de São Paulo possui um Museu Afro, o interior nega sua existência e subjetividade.
Previsto para ser exibido em cidades como Itu, Cabreúva, Sorocaba e Porto Feliz, o projeto também inclui ações de contrapartida obrigatórias, como exibição gratuita do documentário, distribuição de material de combate ao Racismo Religioso, divulgação da marca do governo, entre outros.
Adicionalmente, serão realizadas exibições seguidas de rodas de bate-papo, explorando pautas das religiões de matrizes africanas em contraponto ao preconceito existente no interior paulista. “O documentário ‘Laroyê Esù’ busca não apenas contar uma história, mas resgatar memórias, enaltecer tradições e promover o respeito à diversidade religiosa”, afirma Felipe Cavalheiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste também